Um Conto Que Marcou a Minha Vida!

Ruth Ribeiro
Um aprendizado.
Algumas derrotas.
A dor adormecida.

Um amor puro,
que mesmo assim morreu!
Lembro-me…
Há alguns anos atrás.
Numa tarde sombria.
Um telefonema anônimo,
mudou completamente
a minha vida.
Palavras,
que jamais saíram
da minha mente.
O que nunca passava,
pela minha cabeça…
Naquele momento
parecia se tornar realidade.
Mas nunca pensava em traições.
Nunca pensava,
que um casamento regado
a amor e entregas,
poderia vir a dar errado.
E foi a partir daquele dia.
Que minha vida transformou.
Tive momentos ruins.
Sofridos
Alucinógenos…
Como se eu usasse a
pior droga do mundo.
E parece-me que
a pior droga do mundo,
se chama mesmo “traição”.
Seja ela de que forma for.
Traição por parte de quem
a gente quer bem demais.
De quem a gente ama.
De quem a gente confia.
Penso que eu não
saberia nem dormir
se fosse eu a trair.
Foram dias de tempestades.
De tsunamis.
De revolta.
Mas aos poucos,
vi que nada disso adiantava.
Que eu somente iria adoecer.
Pedi a Deus forças
para mudar a situação.
E aos poucos
senti minha vida se acalmando
Acalmando.
Até que venci a dor
que sangrava por dentro.
Que só quem sabia…
Era quem me escutava.
Quem presenciou
comigo o que passei.
E quando tudo
virou aprendizado…
Eu superei!
Deixei a dor adormecida…
E fui em busca de
novas conquistas.
De algo bem forte,
que poderia mover…
Movimentar a minha vida.
Mudei.
Mudei de cidade,
para começar do zero.
Sem casa.
Sem muita visão do futuro.
E mesmo assim,
enfrentei de peito aberto
tudo que precisava enfrentar.
Estudei mais.
Realizei um grande sonho.
Mantive a vontade de crescer.
Foram vários desafios.
Hoje estou bem…
Não tão melhor que quando
tinha um amor
que me alimentava de sonhos.
Que me trazia segurança.
Que me deixava feliz.
Mas a vida tem suas mudanças.
Seus instantes de aprendizados.
Suas surpresas não lá tão boas…
E somente ai,
eu percebi que as mudanças,
seja a gente querendo ou não,
elas acontecem.
E desvemos estar preparados
para isso.
Porque viver
tem que ser mais forte que a dor.
Seja qual for a dor.
Superar momentos difíceis
é uma forma de nos vermos
fortes e vencedores.
E foi assim…
E está sendo assim…
Sempre com lutas.
Mas nunca desisto de sonhar.
De buscar a felicidade.
De encontrar alguém que
me valorize um pouco mais.
De encontrar um ninho,
onde eu possa receber carinhos.
Porque carinhos,
faz parte dessa
loucura que é viver!
Dayse Sene
Imagem( Salva do perfil de Ruth Ribeiro- Facebook).

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Pular para a barra de ferramentas