Rotina De Mulher!

02_zev_28623

Cinco da manhã…

E um reloginho de berço já a acorda.

E ela, sempre ligeira, abre os olhos,

de um sonho delicioso enquanto dormia.

Mas a responsabilidade a chama.

Seu bebê de cinco meses…

Com olhos de céu.

Estavam mais parecendo o sol…de tão acesos.

Levantou-se,  colocou a chupeta na boca dele,

enquanto ela  fazia a sua higiene pessoal.

O maridão roncava…

Mas ela não se importava com isso…

Ele era lindo e bom marido.

Deixou-o dormir mais um pouco.

O bebezinho era comportado, sabia esperar.

Voltou…deu-lhe o peito.

Ele mamava com a força do mundo.

Guloso como sempre.

Antes mesmo de terminar a mamada,

já havia fechado os olhinhos,

para mais uma longa cochilada.

Ela então foi para a cozinha…

Preparou o café quentinho e delicioso.

Colocou a roupa para bater.

A casa,

já havia sido arrumada na noite passada.

E foi então se arrumar.

O serviço também lhe esperava lá fora.

Vida de mulher não é tão fácil.

Logo o interfone toca…

Era Maria Lúcia que cuidava do seu bebê,

enquanto ela trabalhava.

Sorte que era uma vizinha antiga

que ela confiava o seu doce bebezinho.

Todos já de pé…

Só não o bebê, que dormia farto.

Leite já na reserva.

E sabia que poderia ir trabalhar tranquila,

que seu filho ficaria bem.

Tomaram o café.

Ela, o marido e Maria Lúcia.

E saíram os dois apressados.

Era sempre assim…

O serviço que ficava pendente,

Maria Lúcia  se encarregava de cuidar,

enquanto o bebê dormia.

No intervalo de almoço…reunião em família.

Era sagrado virem todos almoçar em casa.

O bebe precisava da presença dos pais.

Valia o sacrifício de pegar o trânsito  agitado.

Almoçavam.

Sorriam.

Brincavam com a criança.

Deixava mais leite.

Fazia algumas observações para Maria Lúcia.

E voltavam ao trabalho.

Agora…somente à noite estariam em casa.

A maioria das vezes a criança já dormia.

Pena…

Mas era a vida!

Era o corre corre da sobrevivência.

Mas ela, não ia descansar…

Ia colocar alguma coisa que faltava em ordem,

até poder banhar-se de novo e se

sentir aliviada da  missão cumprida.

É! Mulher é sempre guerreira…

Poucas escapam a isso.

É preciso manter-se firme…

Viver vale qualquer sacrifício!

Dayse Sene

Desconheço autoria da imagem.

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Pular para a barra de ferramentas