Um Conto: Chuva e Amor!

11205957_989757047701410_3204803457715564274_n

[…] eram gotas de chuva,
que anunciavam a sua chegada!
Parecia que a natureza,
me presenteava com
essa doce emoção.
Pingos já caiam dos galhos
verdinhos,
de esperança.
E o barulho do seu carro,
tudo isso provocaram
em mim emoções.
Quanto tempo desejei
por esse momento.
Te amar na chuva…
Em um campo florido,
vasto de mata verde.
O café já coado,
quentinho na mesa.
Pão de queijo,
já quase no ponto.
Um bolo de mandioca
e coco delicioso.
E eu feliz da vida.
Até parecia que havia
preparado o cenário.
Intuição?
Meu Deus!
Quanta emoção…
Vou amar o meu amor,
com gotas de chuva.
Banhar nossos corpos,
numa doce e encantadora entrega.
Regados à chuva fresquinha.
Fiquei olhando você se aproximar.
A chuva aumentando,
e não resisti…
Corri ao seu encontro.
Nos abraçamos.
Nos molhamos.
Nos amamos ali mesmo…
A chuva nos benzia, com seus pingos.
E quando tudo então passou.
Nossos desejos.
Nossas entregas.
Fomos nos aquecer em
uma banheira quentinha.
Nos enrolamos em
uma toalha macia…
E depois, fomos tomar o
nosso delicioso café.
E a chuva continuava…
Víamos nas folhas
das árvores copadas,
gotas que ainda caiam…
Esse dia…
Ainda prometia,
grandes emoções!!
Pois em meio à chuva…
O nosso amor acontecia!

Dayse Sene
Imagem(Wilhan Mendes).

Deixe uma resposta

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Pular para a barra de ferramentas